Amantes de livros estão em todos os lugares. Todo cidadão legal tem documento. O que essas esses dois itens têm em comum? São feitos de papel, que é suscetível a danos ou amarelamento. Portanto, é importante saber como evitar que livros e documentos fiquem amarelados. Veja a seguir.

Índice

1. Por que os papéis ficam amarelados?

2. Papéis amarelados: um acontecimento natural, porém não favorável

3. Truques para evitar que livros e documento fiquem amarelados
3.1 Guarde-os em um local adequado
3.2 Não guarde papéis com objetos entre eles
3.3 Proteja-os da luz

Por que os papéis ficam amarelados?

O papel que conhecemos e usamos em larga escala é feito principalmente de celulose e lignina.

A celulose pode ser definida na química como um polímero, que é a união de várias moléculas. Ela está presente nas paredes celulares das plantas.

Já a lignina é uma molécula encontrada juntamente com a celulose, e seu papel é fortalecer as estruturas, permitindo assim, uma maior rigidez nas mesmas.

O que acontece é: quando esses componentes entram em contato com o oxigênio, sofrem oxidação, uma reação química onde os compostos perdem elétrons e tornam-se mais fracos.

A celulose e a lignina ao sofrerem oxidação acabam por apresentar uma coloração mais amarronzada.

Leia também: Como organizar e guardar livros.

Papéis amarelados: um acontecimento natural, porém não favorável

Papel amarelado

Como pudemos entender no parágrafo acima, esse é um processo normal que ocorre principalmente devido a composição das folhas de livros e documentos.

Conforme as folhas são produzidas, passam por processos químicos que visam tornar o papel mais branco por mais tempo, porém até essas atitudes influenciam, tornando-o mais fraco e suscetível ao amarelecimento.

Processos mais assertivos são mais caros, geralmente usados em livros, e possuem uma duração maior comparado aos métodos mais simples.

Truques para evitar que livros e documento fiquem amarelados

Truques para evitar que livros e documento fiquem amarelados

Sabendo que o processo que torna livros e documentos amarelados é natural, podemos nos frustrar e até mesmo ficar receosos quanto ao futuro estado daqueles que possuímos.

Nossa preocupação é válida, porém existem algumas ações que podem ajudar a preservá-los. Sendo assim, trouxemos três truques para evitar que livros e documentos fiquem amarelados.

Guarde-os em um local adequado

Como dito anteriormente, o contato com o oxigênio torna livros e documentos amarelados. Obviamente, é impossível impedir tal coisa, porém, algumas ações podem postergar essa avaria.

Quando falamos sobre guardar livros e documentos em um lugar adequado, nos referimos a um local arejado, sem umidade e acúmulo de poeira.

Ao contrário do que muitos pensam, guardar papéis em sacolas favorece a propagação de fungos. Por isso, opte por um local que tenha uma boa circulação de ar.

O acúmulo de poeira pode danificar papéis também, por isso no caso de livros deve-se limpá-los com um espanador de poeira.

Documentos podem ser guardados em pastas e armazenados conforme sua necessidade, porém não se esqueça de verificar o estado do local.

Não guarde papéis com objetos entre eles

Canetas, clipes e matéria orgânica (como flores) entre as páginas podem tornar seus livros e documentos amarelados mais facilmente.

Por isso, evite esta prática, verificando sempre que seus livros e documentos estão sem nada entre eles antes de guardá-los.

Proteja-os da luz

Proteger livros da luz

A luz é uma das variantes que mais influencia no processo de oxidação, tornando livros e documentos amarelados. Para prevenir que este dano aconteça, guarde os papéis protegidos da luz, tanto natural, quanto artificial.

Acesse a outros artigos do nosso blog para mais informações como esta. E se precisa de um espaço seguro para guardar seus livros ou documentos, faça um orçamento simplificado de self storage.