Seja por uma necessidade do seu negócio, ou por necessidade pessoal, a falta de espaço não precisa ser um problema em sua vida. Para quem busca uma solução prática, o Self Storage tem feito grande diferença. Mas, afinal, pode ser usado para armazenar produtos?

Claro que sim! Entenda melhor neste artigo.

Primeiro, entenda como o self storage surgiu

Origem Self Storage

Embora venha ganhando popularidade no Brasil apenas nos últimos anos, esse conceito de armazenamento já é bastante antigo. O Self Storage surgiu nos Estados Unidos, ainda na década de 60, e chegou aqui nos meados da década de 90.

Esse tipo de armazém costuma ser dividido em boxes, que podem ser alugados tanto por pessoas físicas, quanto jurídicas.

Quem utiliza self storage?

Costumam ser muito utilizado por quem não tem espaço em casa para acomodar móveis e bens pessoais, como também por pessoas que possuem algum tipo de negócio, loja virtual, ou por prestadores de serviços e lojas físicas pequenas, que não contam com locais apropriados de depósito.

Leia também: Onde armazenar o estoque de eletrônicos da sua loja com segurança?

Por que self storage é prático?

É uma solução para quem busca praticidade, uma vez que não terá que lidar com toda aquela burocracia de um aluguel de um imóvel, por exemplo. Além de ser bem mais barato, pois não tem despesa com conta de luz ou de água.

Outra vantagem é que os seus pertences estarão seguros. A chave ficará em posse apenas do locatário, sendo ele o único com acesso ao seu box.

Quais produtos são permitidos nesse armazenamento?

Armazenar produtos self storage

Uma dúvida muito comum na hora de fechar um contrato de aluguel temporário de um Self Storage é sobre o que pode ou não armazenar no box.

Para a pessoa física, ele é uma solução para quem não tem espaço em casa e não seja se desfazer dos seus pertences que não sabem no imóvel ou estão sem utilidade.

No Self Storage, ela poderá guardar móveis, roupas e itens pessoais, como álbuns de fotografia, livros, itens decorativos, entre outros.

Aproveite para saber também: 4 benefícios de um minidepósito.

Já as pessoas jurídicas, ou até mesmo os profissionais liberais, costumam utilizar essa solução para armazenar os seus produtos, sejam eles de estoque para venda ou itens considerados obsoletos. Essa solução de armazenamento pode até melhorar a rotina como representante comercial.

Além disso, muitas empresas também costumam contratar esse serviço de armazenagem para guardar documentos importantes, que costumam ocupar muito espaço no escritório.

Aliás, Saiba como guardar documentos fiscais com segurança.

O que é proibido armazenar?

Embora seja bastante rápido, e prático, alugar um box de Self Storage, é preciso ressaltar que nem tudo é permitido. Antes de tomar essa decisão, a pessoa deve se informar sobre quais são os tipos de objetos que não podem ser armazenados, isso deve estar especificado em contrato.

Geralmente itens considerados ilegais não devem ser armazenados. Isso inclui entorpecentes, armas, principalmente se elas não tiverem licença, e produtos considerados de contrabando (pirataria e sem nota fiscal).

Também não são permitidos manter em confinamento seres vivos, como animais e plantas. A mesma regra vale para alimentos perecíveis e produtos químicos, tóxicos, corrosivos, inflamáveis e explosivos.

Nesses casos, a pessoa deverá procurar locais que sejam apropriados para esses tipos de armazenagens, conforme determina a legislação.

Ainda tem alguma dúvida a respeito sobre quais são os produtos que podem, ou não, ser armazenados? Entre em contato conosco. Visite o nosso site e faça um orçamento simplificado para ter uma ideia da praticidade.