Guardar móveis sem estragar

Na vida, às vezes nos deparamos com a necessidade de armazenar os nossos móveis, seja por conta de uma viagem, mudança de residência ou reforma. Guardar os móveis sem estragá-los não é difícil, mas implica alguns cuidados simples que muitas pessoas desconhecem e que vão fazer diferença para o estado de preservação da mobília.

Veja só alguns pontos que separamos, como o uso adequado de plástico bolha e de papelão ondulado, você vai perceber como essas orientações podem garantir a integridade física dos seus móveis.

Siga um passo a passo para desmontar os móveis grandes

Se for possível, desmonte os móveis grandes

Em geral, primeiro esvazia-se o móvel, depois limpa-se cada parte, só então você reúne as ferramentas necessárias para desmontar (pode ser que você precise pedi-las emprestadas a alguém) e, por fim, você desmonta com o cuidado de identificar cada parte.

Não tente fazer isso com pressa, principalmente se não tiver experiência. Evite o desgaste, afinal a pressa atrapalha, além do mais ninguém é obrigado a saber fazer tudo e ainda acertar na primeira tentativa. Lembre-se que pode chamar profissionais especializados em desmontar móveis, se seu orçamento permitir.

Não se esqueça de separar primeiro as peças grandes, pois elas é que serão acomodadas inicialmente no depósito ou box de armazenamento. Já as peças menores são mais fáceis de embalar, transportar e acomodar.

A verdade é que as partes grandes precisam ser bem distribuídas no espaço de armazenamento. Então você pode, por exemplo, remover as gavetas e portas, para depois desmontar as prateleiras menores.

Aproveite para ler também sobre como organizar a mudança.

Embale com material adequado antes de guardar

Embalar com material adequado

Como sabemos, existem móveis rústicos e móveis mais de acabamento mais refinado, é importante considerar essas diferenças no momento de desmontar e transportar a sua mobília. Isso porque as peças delicadas podem ser danificadas por quedas ou mesmo por batidas leves.

Sendo assim, busque materiais apropriados para embalar, tenha em mente que esse material deve acolchoar a peça e reduzir o risco de danificar com eventuais impactos. Alguns materiais possíveis de utilizar são:

  • colchas ou cobertores grossos;
  • plástico bolha;
  • papelão ondulado.

Estes dois últimos você pode encontrar em lojas de embalagens. Aliás, o papelão ondulado é recomendado para embalar qualquer móvel ou objeto mais frágil. Para garantir a proteção da peça, envolva no papelão e amarre bem.

Já o plástico bolha pode ser usado em peças menores e pequenos itens de decoração, especialmente quando se destina a evitar a umidade.

Escolha um box adequado para armazenar seus móveis

Box de armazenamento

Não menos importante que desmontar alguns móveis e embalá-los adequadamente é escolher um box ou depósito apropriado para armazená-los.

O local para guardar os móveis deve ser selecionado com cuidado. É importante que você observar a limpeza, a segurança e o seu acesso. Veja também se tem boa iluminação ou risco de umidade. Afinal, muitos dos móveis são feitos de madeira e podem estragar com a ação da água.

Para tomar uma decisão com mais tranquilidade, procure diretamente um serviço de armazenamento self storage em sua cidade. Esse tipo de serviço significa uma solução moderna para o ritmo de vida das pessoas atualmente, que se deslocam com mais facilidade e moram em diferentes cidades, em apartamentos com um espaço cada vez mais reduzidos.

Os boxes de self storage possuem tamanhos diferentes e podem oferecer as condições ideais de armazenamento, além da segurança necessária para que você não se preocupe.

E então, já sabe como será sua próxima mudança? Pelo menos agora você entende como guardar os móveis sem estragá-los. Acesse nosso blog para ler outros como este, ou faça já um orçamento simplificado de self storage para entender como funciona.