Ter gastos imprevistos com reforma é uma situação comum, mas isso não significa que você não pode fazer uma reforma se precisa ou se quiser. É possível reformar a casa sem gastar muito com um pouco de organização, bom planejamento e outros toques que vamos dar aqui.

Acredite, o processo vale a pena! No final, tudo dá certo se você souber se prevenir e agir com antecipação. Então, confira as dicas que pontuamos a seguir para reformar a casa sem gastar muito, economizar nos custos da obra e alcançar um resultado de alta qualidade.

Índice

1. Primeiro, faça um planejamento

2. Defina um limite de gastos

3. Estabeleça um cronograma

4. Encontre bons profissionais

5. Adquira materiais de boa qualidade

6. Organize o espaço e proteja seus pertences

7. Armazene a mobília temporariamente

Primeiro, faça um planejamento

Faz toda diferença pensar antes de começar a fazer. Então, coloque no papel detalhadamente quais são todas as necessidades da obra, estabeleça um limite para o que pode ser feito.

Pense também nas etapas da reforma, estime os prazos para cada uma e, principalmente, estipule uma previsão de orçamento para investir em materiais e serviços.

Depois, tente alinhar suas expectativas ao que, de fato, vai ser feito.

É esse planejamento que vai orientar todo o processo. Você pode sempre voltar a ele para conferir as estimativas e ajustar o orçamento ou os prazos das etapas.

Defina um limite de gastos

Isso é importante para não extrapolar o orçamento. Lembre-se que deve considerar materiais, serviços, gastos com água e energia, entre outras possibilidades de custos que podem surgir ao longo da reforma.

Estabeleça um cronograma

O cronograma é seu amigo. Acompanhe-o com frequência e verifique os prazos, isso vai evitar que a reforma se estenda e acarrete investimentos extras.

Lembre-se que ter um simples cronograma pode ser uma forma de economizar. Na hora de elaborar o seu, consulte os prestadores de serviço para definir prazos realistas para cada etapa e respeite o cronograma.

Encontre bons profissionais

Reformar a casa: escolher bons profissionais

Seja cuidadoso ao buscar pelos profissionais que farão a reforma. Priorize a qualidade do serviço e não o valor mais baixo. Muitas vezes, pagar mais barato pode gerar prejuízos, já que mais tarde pode ser necessário refazer o trabalho.

Adquira materiais de boa qualidade

Com os materiais, acontece a mesma coisa. Priorize sempre os de melhor qualidade. Nesse sentido, a economia acontece pela garantia de um serviço bem-feito, que não precisará de reparos mais tarde por conta da baixa qualidade.

Organize o espaço e proteja seus pertences

Reforma da casa: organize o espaço

Esse é um grande desafio! Afinal, reformas costumam gerar grandes transtornos pela sujeira e acúmulo de objetos que afetam o uso do espaço.

Sem falar dos danos que a desorganização pode causar à mobília ou aos eletrodomésticos, o que acarreta em prejuízos totalmente inesperados.

Como você já sabe o quanto pode ser desgastante a desorganização ao longo do processo, não vale a pena ignorar esse incômodo. Em vez disso, pense em soluções inovadoras, como o uso de boxes self storage: saiba o que é.

Armazene a mobília temporariamente

 

Mas não precisa incomodar um vizinho, um familiar, ou abusar da boa vontade dos amigos. Uma solução inteligente é contratar boxes de armazenamento, em espaços especializados em self storage.

Os tamanhos e os preços variam, assim como o tempo de contratação, tudo é bem flexível. Isso significa que você pode remover temporariamente seus móveis da área da reforma, armazená-los em um box do tamanho que escolher, que atenda às suas necessidades.

Assim, sua mobília e seus objetos mais pessoais ficam resguardados da poeira, dos detritos e do desgaste até o fim da reforma, sob vigilância 24h por dia. Em casa, a reforma continua dentro do cronograma, mas sem o aborrecimento da bagunça.
Pronto, agora você tem mais conhecimento sobre como reformar a casa sem gastar muito, inclusive agindo com previsibilidade e inteligência. Confira os tamanhos os boxes da solução self storage em nossa página e leia outros artigos do blog da Estoque Bem para conhecer melhor.